Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sabores da minha cozinha

My kitchen Blog

Sabores da minha cozinha

My kitchen Blog

15
Mai18

Gambas picantes com spaghetti

Margarida

IMGP7119-Gambas picantes com spaghetti-Blog.JPG

Uma receita simples de preparar, onde as gambas podem ser substituídas por amêijoas a gosto.

Caso pretenda dosear a intensidade do picante, retire as sementes da pimenta piripiri.

Buon appetito!!

IMGP7113-Gambas picantes com spaghetti-Blog.JPG

Ingredientes

30 g de azeite

2-3 dentes de alho

1 pimenta piripiri fresca

1 pimento vermelho

500 g de miolo de camarão

500 g de spaghetti

sal q.b.

salsa q.b

 

Preparação

Verta um fio de azeite numa frigideira e adicione os alhos, a pimenta piripiri e o pimento picados. Deixe refogar durante alguns minutos.

De seguida, adicione as gambas e deixe cozinhar mais alguns minutos, até apresentarem uma cor rosada. Retire e reserve.

Entretanto coza o spaghetti em água fervente com um pouco de sal, de acordo com o tempo indicado na embalagem.

Numa taça envolva bem a massa com o preparado das gambas.

Sirva com a salsa picada.

IMGP7114-Gambas picantes com spaghetti-Blog.JPG

IMGP7116-Gambas picantes com spaghetti-Blog.JPG

IMGP7121-Gambas picantes com spaghetti-Blog.JPG

Informação: tempo de preparação- 30 minutos; dificuldade- fácil; doses- 4.

28
Fev18

Arroz negro

Margarida

IMGP6994-Arroz negro.JPG

Aioli um molho característico dos países mediterrâneos, constituído tradicionalmente por alho e azeite.

Muito semelhante a uma maionese caseira, tanto na forma da sua preparação, como na da sua textura, visto ser uma emulsão de vários ingredientes, embora se permitindo a combinações variáveis.

O arroz negro que provamos na Galiza foi confecionado com a tinta do choco, daí o seu nome, e fez-se acompanhar pelo molho aioli. Segundo informação local e fazendo este parte da cultura gastronómica mediterrânica, casa deliciosamente com arroz, peixes, mariscos, carnes e legumes.

Bom apetite!!

IMGP6989-Arroz negro-Blog.JPG

Ingredientes

1 cebola média

2 dentes de alho

azeite q.b.

1 lata média de tomate em pedaços

1 colher (sopa) pimentão doce

1 kg de chocos (usei lulas)

tinta de choco (usei 2 embalagens de 4g/cada)

1 ½ chávenas de arroz de grão longo

4 ½ chávenas de caldo de peixe (1 lt)

1 embalagem de miolo de camarão (250g)

sal q.b.

salsa picada q.b.

 

 

p/ molho aioli

1 geme de ovo

1 alho s/gérmen

1 colher (sopa) de sumo de limão

sal & pimenta q.b.

azeite ou óleo vegetal

 

Preparação

Para o molho aioli: introduza no copo da varinha mágica os seguintes ingredientes: a gema do ovo, o alho e o sumo de limão, triture bem com a varinha mágica. Comece por adicionar o azeite, em fio, movimentando a varinha mágica de baixo para cima e depois no sentido inverso, sem parar. O molho estará pronto quando atingir uma espessura firme e cremosa.

Para o arroz: num tacho de barro, verta um fio de azeite e faça um refogado com a cebola e o alho picados. Adicione o tomate em pedaços e deixe refogar alguns minutos. De seguida, acrescente o pimentão-doce e deixe refogar mais um pouco, cerca de 5-10 minutos, em lume médio, mexendo sempre até evaporar um pouco o líquido que se formou.

Entretanto, corte as lulas ou os chocos em dados, caso utilize choquinhos pequenos poderá deixá-los inteiros, e acrescente. Envolva bem e adicione a tinta do choco dissolvido em um pouco do caldo de peixe, misture bem e deixe cozinhar cerca de 15-20 minutos, em lume médio.

De seguida, adicione o arroz, envolva bem e deixe cozinhar um pouco, sem deixar de mexer, durante 4-5 minutos. Acrescente o restante caldo de peixe, misture bem, deixe levantar fervura e deixe cozinhar, durante 15 minutos, com o tacho tapado, em lume brando.

Oito minutos antes de terminar o tempo, acrescente o miolo de camarão e deixe cozinhar com o tacho tapado, o restante tempo.

Retifique o sal, tendo em conta que o caldo de peixe já possui sal.

Sirva o arroz negro acompanhado do molho aioli, a gosto.

IMGP6992-Arroz negro-Blog.JPG

IMGP6993-Arroz negro-Blog.JPG

Informação: tempo de preparação- longo; dificuldade- média; doses- 6.

Fonte: receita adaptada de arròs negre

 

07
Fev17

Caril vermelho de camarão

Margarida

IMGP5641-Caril vermelho de camarão-Blog.JPG

Hoje, partilho convosco o meu delicioso caril vermelho, uma especialidade gastronómica de origem tailandesa que adoramos. Também o pode preparar apenas com legumes, fica um caril vegetariano muito apetecível.

Nesta cozinha os caris são sempre bem vindos, sejam eles vermelhos, amarelos, de peixe, carne ou legumes... Rendemo-nos aos seus sabores exóticos.

Digam lá se não é uma excelente opção para um jantar a dois, o dia dos namorados está aí a chegar. 

Bom apetite!!

IMGP5642-Caril vermelho de camarão-Blog.JPG

Ingredientes

1 cebola

2 dentes de alho

azeite 3 Castelos q.b

1 colher sopa de concentrado de tomate

1 saqueta de pasta de caril vermelho

1 lata de leite de coco

2 embalagens de miolo de camarão médio

salsa q.b.

p/ temperar os camarões

sal q.b.

sementes de piripiri

sumo de ½ lima.

 

Preparação

Num recipiente tempere os camarões com sal, sementes de piripiri e sumo de lima. Reserve.

Entretanto, descasque e pique a cebola e os alhos. Num tacho, deite um fio de azeite, deixe aquecer e adicione a cebola e os alhos picados, deixe cozinhar alguns minutos, até a cebola amolecer. Acrescente a polpa de tomate, deixe cozinhar uns segundos. De seguida, acrescente o caril vermelho e um algumas sementes de piripiri, envolva e adicione pouco a pouco o leite de coco, até atingir uma espessura cremosa.

Adicione os camarões, deixe ferver, baixe o lume e deixe cozinhar mais 5-8 minutos, até que os camarões mudem de cor. Retifique os temperos caso necessário.

Sirva o caril guarnecido de salsa picada ou basílico e acompanhe com arroz basmati.

 

IMGP5649-Caril vermelho de camarão-Blog.JPG

IMGP5654-Caril vermelho de camarão-Blog.JPG

Informação: tempo de preparação- 45 min; dificuldade- fácil; doses- 4.

04
Jul16

Arroz de lavagante

Margarida

IMGP4818-Arroz de lavagante-Blog.JPG

Uma receita familiar, apetitosa, repleta de sabores a mar e a verão…

Junte os familiares ou os amigos, prepare esta receita e celebre a vida e a amizade nestes dias longos e maravilhosos de verão.

Receitas populares são sempre receitas felizes!!

IMGP4821-Arroz de lavagante-Blog.JPG

Ingredientes

2-3 lavagantes (0,5 kg cada)

1 cebola média picada

2 dentes de alho picados

½ copo de vinho branco

½ pimento vermelho grande ou 1 pequeno triturado

2 folhas de louro

1 malagueta seca pequena

3 colheres (sopa) de polpa de tomate

1 ½ chávena almoçadeira de arroz agulha Bom sucesso

4 colheres (sopa) de azeite 3 Castelos

sal q.b.

 

Preparação

Numa panela com água, sal e uma folha de louro, coza os lavagantes durante 2-3 minutos. Retire e reserve o caldo.

Deite um fio de azeite num tacho e faça um refogado com a cebola e os alhos picados. Deixe a cebola amolecer e acrescente a folha de louro e a malagueta. Regue com o vinho branco e deixe este evaporar um pouco.

De seguida, acrescente a polpa de tomate e o pimento triturado, envolva e deixe cozinhar cerca de 8-10 minutos em lume brando. Caso necessário acrescente um pouco do caldo reservado.

Adicione 4 chávenas almoçadeiras do caldo reservado. Deixe levantar fervura.

Acrescente o arroz, envolva e deixe cozinhar cerca de 5 minutos em lume brando. Retifique os temperos, tendo em atenção que o caldo utilizado já tem sal.

Entretanto, parta grosseiramente os lavagantes, mas não elimine as cascas.

Adicione os lavagantes ao arroz, e deixe cozinhar durante 10 minutos, com o tacho tapado.

Terminado o tempo, deixe repousar alguns minutos e sirva de imediato.

IMGP4823-Arroz de lavagante-Blog.JPG

IMGP4826-Arroz de lavagante-Blog.JPG

Informação: tempo de preparação- 60 minutos; dificuldade- fácil; doses- 4.

25
Mai16

Paella

Margarida

IMGP4740-Paella-Blog.JPG

Hoje partilhamos convosco uma encantadora receita familiar, a nossa paella preparada pelo nosso chefe caseiro.

A paella é uma receita tradicional espanhola, muito especial e preparada em quase todas as regiões de Espanha. Esta receita deve o seu nome ao facto de ser confecionada num utensílio culinário específico, uma paellera ou paella, uma espécie de sertã bastante larga e baixa, com duas asas.

Acreditem, fica deliciosa, embora o seu processo de cozimento tenha várias fases e seja um pouco demorado. A paella tem o seu tempo de preparação e só assim se consegue um resultado saboroso, onde todos os ingredientes são carinhosamente envolvidos e cozinhados, deixando que o seu aroma e sabor enfeiticem todos os comensais presentes.

Deliciem-se com esta maravilhosa paella !

IMGP4739-Paella-Blog.JPG

Ingredientes

azeite q.b.

20-25 camarões médios com casca

150 g de lombo de porco

500 g de peito de frango

250 g de lulas (limpas e cortadas em rodelas)

2 dentes de alho picados

200 g de tomate triturado

700 ml de caldo de galinha

1 colher (sobremesa) açafrão q.b.

350 g de arroz para paella

60 g de ervilhas

300 g de amêijoas

2 pimentos vermelhos (limpos e cortados em tiras)

sal, pimenta

 

Preparação

Comece por aquecer a paella e quando estiver bem quente, verta um fio de azeite e deixe-o aquecer bem. De seguida, adicione os camarões e deixe-os cozinhar de ambos os lados, assim que mudarem de cor, retire-os e reserve num recipiente.

Entretanto, corte as carnes aos quadrados e adicione à paella aproveitando a mesma gordura onde foram cozinhados os camarões. Deixe fritar de ambos os lados, quando estiverem douradinhos, acrescente as lulas e envolva bem. De seguida, acrescente os alhos picados e o tomate triturado, deixe cozinhar mais alguns minutos, mexendo de vez em quando.

Entretanto, à parte num tacho, ferva o caldo de galinha, pois esteve deve estar bem quente.

Quando o molho de tomate tiver reduzido um pouco, acrescente o caldo de galinha de forma a cobrir bem todos os ingredientes, envolva e deixe levantar fervura.

Quando levantar fervura, adicione todos os outros ingredientes: o açafrão, a pimenta, o arroz, as ervilhas, as amêijoas e os pimentos. Verifique os temperos e se necessário retifique.

Baixe o lume e deixe a paella cozinhar cerca de 20-25 minutos.

Enfeite com os camarões reservados e sirva

IMGP4741-Paella-Blog.JPG

 

IMGP4744-Paella-Blog.JPG

Informação: tempo de preparação- longo; dificuldade- médio; doses- 6-8.

Fontereceita original

11
Mai16

Amêijoas à marinheira na cataplana

Margarida

IMGP4706-Amêijoas à marinheira-Blog.JPG

Uma receita tradicional da região da Galiza, muito fácil de preparar e bastante saborosa.

Preparei esta receita numa cataplana, utensílio culinário típico do Algarve, deixando as amêijoas abrirem lentamente ao vapor, conferindo-lhe assim um sabor muito especial, característico e único.

Bom apetite!!

IMGP4698-Amêijoas à marinheira-Blog.JPG

Ingredientes

1 kg de amêijoas

1 cebola

1 dente de alho

1 folha de louro

azeite q.b.

2 colheres (sopa) de tomate (em lata) aos quadrados

1 colher (sobremesa) de farinha maizena

1 copo de vinho branco

pimenta preta de moinho q.b.

1 molhinho de coentros

 

Preparação

Comece por lavar muito bem as amêijoas, eliminando a areia que possa ter. Se necessário deixe as amêijoas durante algum tempo num recipiente com água e um pouco de sal.

Entretanto, descasque e corte a cebola em meias luas e o alho às fatias.

Na cataplana, verta um fio de azeite e adicione a cebola, o alho e a folha de louro, deixe a cebola amolecer um pouco. De seguida, acrescente o tomate e deixe cozinhar alguns minutos. Acrescente a farinha e envolva bem. Verta o vinho branco, misture e deixe o molho levantar fervura. Quando levantar fervura acrescente as amêijoas. Tape a cataplana e com cuidado agite. Deixe cozinhar alguns minutos até que as amêijoas abram as suas conchas.

Com cuidado, abra novamente a cataplana, verifique se todas as conchas estão abertas, tempere com um pouco de pimenta e sirva com os coentros picados.

IMGP4709-Amêijoas à marinheira-Blog.JPG

IMGP4694-Amêijoas à marinheira-Blog.JPG

Informação: tempo de preparação- 30 minutos; dificuldade- fácil; doses- 4.

19
Mai15

Torta de camarão

Margarida

IMGP3432-Torta de camarão-Blog.JPG

A Torta de camarão é uma receita muito comum na região do Douro e Minho, onde normalmente é servida como uma entrada, acompanhada de uma deliciosa salada.

Esta é também uma receita bastante comum na nossa cozinha familiar. A mãe fazia-a com alguma frequência e para além de ficar deliciosa, fazia sempre um brilharete em qualquer evento familiar.

Hoje, partilho convosco a receita que encontrei aqui, adaptei-a e testei-a. Quem a provou admite que estava saborosa, embora reconheça que numa próxima vez deva diminuir a quantidade líquida na preparação do creme do recheio, para que este fique um pouquinho mais espesso.

Bom apetite! 

IMGP3431-Torta de camarão-Blog.JPG

Ingredientes

p/ massa

½ chávena almoçadeira de leite

3 colheres de sopa de farinha de trigo

2 gemas

3 claras batidas em castelo

sal e pimenta q.b.

 

p/ recheio

½ litro de leite

1 cebola

150 g de farinha de trigo

2 gemas

500 g de miolo de camarão cozido

½ chávena do caldo do camarão cozido

margarina q.b.

sal e piripíri q.b.

 

Preparação

Para a massa: desfaça a farinha no leite, adicione as gemas, as claras batidas em castelo e envolva muito bem, tempere a seu gosto.

Deite a massa num tabuleiro retangular, previamente forrado com papel vegetal.

Leve ao forno, previamente aquecido a 180º, cerca de 25 minutos.

Entretanto, prepare o recheio: pique a cebola e faça um refogado com um pouco de margarina, não deixe alourar muito a cebola.

Adicione o camarão, previamente cozido, ao refogado.

À parte numa tigela, bata as gemas com um pouco de leite e desfaça a farinha com este preparado. Gradualmente, acrescente um pouco do caldo de camarão, intercalando com o restante leite, até apresentar um creme homogéneo com uma espessura a seu gosto.

Adicione este preparado à mistura do refogado com o camarão, tempere a gosto e deixe apurar em lume brando.

Depois da massa cozida, retire o tabuleiro do forno e vire a massa sobre um pano. Recheie com o creme de camarão e enrole com a ajuda do pano.

 

Dica: na preparação do creme de camarão, pode não ser necessário utilizar a quantidade toda do leite, uma vez que vai utilizar um pouco do caldo do camarão. Se preferir adicione apenas o leite. Pessoalmente, preferi utilizar o leite e o caldo de cozer o camarão. Julgo ter ficado mais saboroso.

 

Informação: tempo de preparação- médio; dificuldade- fácil; doses- 6-8

15
Jun14

Amêijoas à "Bulhão Pato"

Margarida

Hoje, partilho convosco este delicioso petisco para saborear numa tarde de domingo, acompanhado de umas cervejas fresquinhas.

Nesta receita não adicionei sal, uma vez que as amêijoas largam sempre alguma água salgada, como também adicionei um pouco de mostarda, optei por temperá-las apenas com um pouco de piripiri. Ficaram excelentes!

A todos, um ótimo domingo! 

 

Ingredientes (p/ 4 pessoas)

1 kg de amêijoas

3 dl de azeite

4 dentes de alho

½ copo de vinho branco

1 molhinho de coentros

mostarda q.b.

sumo de 1 limão

piripíri q.b.

 

Preparação

Lave muito bem as amêijoas, eliminando a areia que possam ter, e escorra-as. Num tacho, leve ao lume o azeite, os alhos esborrachados com casca e um pouco de mostarda, deixe os alhos alourarem uns minutos. Adicione as amêijoas e deixe que elas abram as conchas, com o tacho tapado, durante uns minutos. Destape o tacho e adicione o vinho branco e o piripíri. Deixe o molho reduzir uns minutos. Agite o tacho e regue com o sumo de limão. Desligue o lume, pique o molhinho de coentros e adicione por cima.

Sirva as amêijoas com uns gomos de limão a gosto. {#emotions_dlg.drool}

 

Informação: tempo de preparação- 30 minutos; dificuldade- fácil.

26
Mai14

Feijoada de chocos e camarão

Margarida

Este domingo o nosso Chefe caseiro esteve de serviço, preparou-nos esta deliciosa feijoada de chocos, bastante reconfortante para um almoço de domingo. Ficou um must

Normalmente, preferimos colocar o feijão de molho na véspera e depois cozê-lo no próprio dia. Aproveitando assim a água de cozer para confecionar a feijoada, fica muito saborosa.

No entanto, se não tiver feijão seco em casa, pode sempre utilizar o de lata, apesar de considerar que este se desfaça um pouco, mas fica igualmente saboroso.

Bom apetite!!

 

Ingredientes (p/ 6 pessoas)

500 g de feijão branco

2 chocos médios frescos

1 embalagem de miolo de camarão

4 linguiças

1 cebola média

2 alhos

1 folha de louro

½ copo de vinho branco

½ lata de tomate aos pedaços

4 cenouras médias

½ pimento vermelho

azeite q.b.

sal e piripíri q.b.

salsa e coentros q.b.

 

Preparação

Coloque, de um dia para o outro, o feijão de molho. No próprio dia, lave-o e ponha-o a cozer com água durante cerca de 40 minutos, reserve.

Num tacho, aqueça um fio de azeite e faça um refogado com a cebola picada. Depois da cebola amolecer acrescente o alho picado, a linguiça cortada às rodelas e o louro. Deixe a linguiça alourar e refresque com um pouco de vinho branco. Acrescente os chocos cortados às tiras e deixe refogar, em lume brando e tapado, durante 20 minutos. De seguida, acrescente o tomate, as cenouras cortadas às rodelas e o pimento cortado às tiras. Tempere a gosto de sal, piripiri e se necessário acrescente um pouco mais da água de cozer o feijão. Deixe cozinhar mais 15 minutos. De seguida, acrescente o feijão e mais um pouco da água de cozer, deixe cozinhar mais uns minutos até ficar bem apurada. Acrescente os camarões e deixe cozinhar mais cinco minutos. Quando estiver pronta junte os coentros e a salsa picada a gosto.

Sirva acompanhada de arroz branco.

 

 

Informação: tempo de preparação- rápido; dificuldade- fácil; vegetariano- não

31
Ago13

Camarões à moda de Moçambique

Margarida

Quando preparo receitas Moçambicanas vêm-me sempre à memória os momentos que ali passei, na minha infância. Quem lá viveu dificilmente esquece os cheiros, as cores e a sua beleza natural, muito menos os momentos partilhados com a família e os amigos à volta de um bom "Caril de camarão", uma "Galinha à Cafreal" ou de uns bons camarões feitos à moda de Moçambique… 

 

Ingredientes (p/ 4 pessoas)

4 camarões grandes

6 dentes de alho

3 malaguetas pequenas (a gosto)

1 colher (sopa) de azeite

1 colher (sopa) de margarina

1 cerveja

Sal q.b.

 

Preparação

Lave muito bem os camarões e abra os camarões, com cuidado, pela lombada, sem retirar a cabeça, tire-lhes a tripa e coloque-os abertos no tabuleiro do forno.

Num almofariz, misture os alhos, as malaguetas, o sal, o azeite e moa tudo até obter uma pasta homogénea. Acrescente a margarina, envolva e unte os camarões com esta pasta. Regue com a cerveja e leve ao forno, previamente aquecido a 220º, a grelhar por 15-20 minutos, até a casca ficar vermelha.

 

Acompanhado de um "Bolo do caco" torrado com manteiga de ervas.

 

Informação: tempo de preparação- 40 minutos; dificuldade- fácil; não aconselhável a crianças.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Logotipo

My Taste

Blogs Portugal

Parceiros

Todas as receitas estão no Petitchef

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Desafios

World Bread Day

World Bread Day, October 16, 2017

Blogazine

Marca registada

Todos os textos e fotografias são "temperados e cozinhados" por este Blog. Caso pretenda utilizá-los, por favor, faça-lhes as devidas referências de autoria. Obrigada! Logotipo: bekinha.89@40hotmail.com

Translate my Blog