Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sabores da minha cozinha

My kitchen Blog

Sabores da minha cozinha

My kitchen Blog

07
Fev18

Sopa cremosa de espargos brancos com cebolinho

Margarida

IMGP6956-Creme de espargos-Blog.JPG

Com o frio que se faz sentir, nada melhor do que uma sopa bem quentinha que nos conforte e aqueça.

Esta sopa, cremosa, pode ser preparada no momento, é muito simples, fácil e fica deliciosa.

Os espargos, como a maioria dos legumes, não são muito calóricos, por isso podemos adicionar um pouco de natas, ajudará na sua consistência, conferindo-lhe também um sabor bastante agradável.

Sirva a sopa com cebolinho, para um toque especial.

IMGP6955-Creme de espargos-Blog.JPG

Ingredientes

1 cebola média

1 chalota

azeite q.b.

1 colher (sopa) de amido de milho

1 frasco/lata de espargos brancos cozidos

½ lt de caldo de carne

1 pacote de natas p/ cozinhar

sal & pimenta q.b.

cebolinho q.b.

 

Preparação

Pique a cebola e a chacota. Introduza num tacho e regue com um fio de azeite. Deixe cozinhar alguns minutos até amolecer.

Acrescente a colher de sopa de amido de milho e envolva bem. Acrescente um pouco do caldo de carne, envolva e deixe levantar fervura.

De seguida, corte os espargos em pedaços e adicione à mistura da cebola no tacho. Envolva e acrescente mais caldo se necessário. Deixe cozinhar cerca de 15 minutos, em lume brando.

Reduza a sopa a puré, com a ajuda da varinha mágica, até apresentar um creme homogéneo. Adicione ½ copo de natas e envolva bem.

Tempere com um pouco de pimenta e se necessário retifique o sal. Tendo em conta que o caldo de carne já tem sal.

Sirva a sopa com cebolinho picado, cortado com uma tesoura de cozinha.

IMGP6956-Creme de espargos-Blog.JPG

Dica: Adicione o caldo de carne pouco a pouco. Depois de adicionar os espargos, se necessário acrescente mais um pouco. No final da confeção, se necessário, acrescente mais um pouco de caldo, até que a sopa apresente uma textura cremosa.

IMGP6963-Creme de espargos-Blog.JPG

Informação: tempo de preparação- rápida; dificuldade- fácil; doses- 4.

Post destacado! Obrigada !!

01
Fev18

Frango na Púcara

Margarida

IMGP6917-Frango na púcara-Blog.JPG

Nesta edição do Dia Um… Na Cozinha desfilarão uma diversidade imensa de receitas de Pratos Tradicionais Portugueses, o tema proposto para este nosso desafio mensal.

Adoro este tema, sou fã de pratos tradicionais, visitar lugares e lugarejos de Norte a Sul de Portugal, provando as suas iguarias mais tradicionais.

Já tenho partilhado convosco algumas receitas tradicionais, esta será mais uma, o nosso delicioso Frango na Púcara, prato regional da Estremadura.

Um prato, segundo se consta faz parte da gastronomia da cidade de Alcobaça. Terá sido criado na década de 1960, possivelmente inspirado na cozinha ancestral da região. Deverá ser preparado num tacho alto de barro, denominado Púcara, um utensílio que encontramos facilmente à venda nesta região.

Ao preparar este prato, o seu aroma transportou-me para memórias antigas, o tão delicioso Frango na Púcara, acompanhado das adoráveis batatas fritas às rodelas, que tantas vezes nos deliciámos, no restaurante da Pensão Corações Unidos, em Alcobaça.

Delicioso, o meu frango na Púcara!

Bom apetite!!

IMGP6921 - Frango na púcara-Blog.JPG

Ingredientes

1 frango, limpo e cortado em pedaços

sal q.b.

1 malagueta seca

colorau q.b.

azeite q.b.

1 fatia grossa de toucinho

1 chouriço de carne

1 ramo de cheiros (salsa, coentros, louro & alecrim)

12 cebolinhas

1 chávena almoçadeira de vinho branco

1 cálice de vinho do Porto

1 chávena almoçadeira de caldo de galinha

2 colheres (sopa) de creme vegetal

1 colher (sopa) de amido de milho

 

Preparação

Coloque o frango num recipiente, tempere com sal, piripiri em pedaços e o colorau, envolva bem e reserve.

Num tacho de barro, verta um pouco de azeite. Junte o toucinho cortado em cubos, o frango reservado e o chouriço cortado em rodelas. Adicione o ramo de cheiros e as cebolas devidamente descascadas. Regue com os dois vinhos e o caldo de galinha.

Acrescente o creme vegetal. Tape o tacho e deixe cozinhar, em lume brando, durante 50 minutos.

Passado esse tempo, retifique os temperos. Dissolva o amido de milho com 2-3 colheres (sopa) de água e acrescente ao tacho, para engrossar um pouco o molho. Deixe apurar alguns minutos, com o tacho destapado.

Sirva o frango na Púcara e acompanhe com batatas fritas ou arroz branco.

IMGP6926 - Frango na púcara-Blog.JPG

IMGP6929 - Frango na púcara-Blog.JPG

Informação: tempo de preparação- médio; dificuldade- fácil; doses- 4.

Logotipo Dia Um... Na Cozinha Fevereiro de 2018.jp

 

24
Jan18

Mousse de café com natas

Margarida

IMGP6939-Mousse de café com natas-Blog.JPG

Tão simples e tão agradável! O seu aroma a café é algo que nos delicia...

Ideias da minha irmã M., apreciadora nata de café. Durante os nossos menus de Natal, presenteou-nos com esta sobremesa. Estava ótima, mas pediu que a testasse porque parecia que faltava algo. De facto, um pouco de gelatina dar-lhe-ia alguma firmeza.

Preparei-a para que pudéssemos apreciar a diferença, em vez da gelatina, adicionei uma saqueta de Ágar-ágar. Um gelificante vegetal em pó que ajudou na sua consistência, conferindo-lhe uma textura agradavelmente macia.

Uma receita só para apreciadores de café. 

IMGP6935-Mousse de café com natas-Blog.JPG

Ingredientes

1 saqueta de Ágar-ágar em pó

3 colheres (sopa) de água

½ chávena almoçadeira de café expresso

1 lata de leite condensado cozido

2 pacotes de nata Longa Vida

1 colher (sopa) de açúcar

café solúvel q.b.

 

Preparação

Numa tigela, dissolva o Ágar-ágar com a água. De seguida, adicione a mistura ao café expresso quente e envolva. Reserve.

Entretanto, verta o leite condensado cozido para um recipiente e bata levemente com a batedeira. Adicione, pouco a pouco e sem parar de bater, a mistura do café, até ficar um creme homogéneo. Reserve.

Num outro recipiente, bata com a batedeira os dois pacotes de nata com o açúcar, até ficarem espessas.

De seguida, adicione metade da porção das natas batidas à mistura do leite condensado cozido, envolvendo lentamente com uma espátula, até apresentar um creme macio e homogéneo. Reserve as restantes natas, tapadas com película aderente, no frio.

Entretanto, tape também o recipiente da mousse e reserve no frigorífico, durante 3 horas.

No momento de servir, coloque a mousse de café em copos ou taças, adicione por cima um pouco das natas batidas e polvilhe com o café solúvel a gosto.

IMGP6938-Mousse de café com natas-Blog.JPG

 

IMGP6948-Mousse de café com natas-Blog.JPG

IMGP6946-Mousse de café com natas-Blog.JPG

IMGP6950-Mousse de café com natas-Blog.JPG

Informação: tempo de preparação- rápido; dificuldade- fácil; doses- 6.

17
Jan18

Creme aveludado de milho

Margarida

IMGP6908-Creme aveludado de milho-Blog.JPG

Uma sopa cremosa de milho, plena de cor e sabor, muito simples de preparar.

Ideal para uma saborosa e quentinha entrada ou prato principal, pode guarnecer com os ingredientes que pretender: grãos de milho, queijo de cabra, croutons…

Bom apetite!!

IMGP6900-Creme aveludado de milho.JPG

Ingredientes

1 cebola média

3 dentes de alho

1 lata de milho cozido (300 g), reserve um pouco p/ guarnecer

¼ de pimento amarelo cortado aos quadrados, reserve um pouco p/ guarnecer

1 colher (café) de açafrão

pimenta q.b.

½ lt de caldo de carne

azeite 3 Castelos q.b

1 colher (sobremesa) de amido de milho

1 colher (sopa) de crème fraîche

 

Preparação

Num tacho, aqueça um fio de azeite e refogue a cebola e os alhos picados grosseiramente, durante alguns minutos, até a cebola amolecer.

Adicione o milho, devidamente escorrido, e o pimento cortado aos quadrados e envolva. Acrescente o açafrão, a pimenta e deixe cozinhar cerca de 10 minutos, em lume baixo.

De seguida, adicione o caldo de carne até tapar os legumes, deixe cozinhar durante 15 minutos.

Terminado esse tempo, triture a sopa com a varinha mágica, até apresentar um creme homogéneo.

De seguida, passe a sopa por um passador chinês ou de rede fininha. Coloque novamente a sopa no tacho e acrescente o amido de milho, previamente dissolvido em um pouco de água, envolva bem e deixe cozinhar durante 2-3 minutos, em lume brando, até apresentar um creme aveludado.

Retire o tacho do fogão, adicione o crème fraîche e envolva bem.

Sirva o creme de milho guarnecido com o milho e o pimento reservados.

IMGP6907-Creme aveludado de milho-Blog.JPG

IMGP6910-Creme aveludado de milho-Blog.JPG

Informação: tempo de preparação- 30 minutos; dificuldade- fácil; doses- 4.

10
Jan18

Cantaril no forno em cama de cebola

Margarida

IMGP6878-Cantaril no forno-Blog.JPG

O cantaril é um peixe de sabor suave, carne banca, rija e húmida, que resulta muito bem quando grelhado ou assado inteiro no forno.

Encontramos este peixe facilmente nas peixarias, fica ótimo assado no forno, acompanhado com batatas assadas e uma salada.

Bom apetite!!

IMGP6876-Cantaril no forno-Blog.JPG

 

Ingredientes

p/ cama de cebola

2 cebolas médias às rodelas

3 dentes de alho às rodelas

1 colher (sopa) de colorau

sal & pimenta q.b.

 

1 Cantaril

2 fatias de bacon fumado

1 molho de salsa

2-3 hastes de tomilho

½ copo de vinho branco

azeite 3 Castelos q.b.

 

Preparação

Num tabuleiro de ir ao forno faça uma cama: disponha as cebolas e os alhos cortados às rodelas, adicione o colorau e tempere com um pouco de sal e pimenta. Regue com um fio de azeite e envolva.

Por cima, disponha o Cantaril, devidamente amanhado e com dois cortes laterais. Nos cortes laterais coloque as fatias de bacon. Nas cavidades, introduza o molhinho de salsa e disponha as folhinhas de tomilho por cima.

Tempere com um pouco de sal e pimenta, regue com um fio de azeite e disponha o vinho à volta, sobre a mistura das cebolas.

Deixe repousar durante 30 minutos.

Entretanto, aqueça o forno a 180°.

Leve o peixe ao forno, deixe assar durante 40 minutos.

Sirva com salada e batatinhas assadas.

IMGP6881-Cantaril no forno-Blog.JPG

IMGP6882-Cantaril no forno-Blog.JPG

 

Informação: tempo de preparação- 60 minutos; dificuldade- fácil; doses-4.

 

01
Jan18

Poncha da Madeira com zimbro

Margarida

IMGP6861-Poncha da Madeira com zimbro-Blog.JPG

Este é o meu primeiro post de 2018. Convido todos os leitores a brindarem connosco o Ano Novo com esta deliciosa e refrescante receita.

É do fundo do meu coração que desejo a todos que este Ano Novo vos traga muitas alegrias, sucessos e que todos os vossos sonhos se realizem.

Obrigada pelas vossas visitas, comentários, partilhas e amizade, são todos estes momentos carinhosos que ajudam este Blog a crescer.

Obrigada a toda a equipa do Sapo Blogs por nos fazerem sentir em casa.

Feliz 2018, muita saúde, prosperidade, amor, paz e felicidade.

Tchim, tchim!!

IMGP6865-Poncha da Madeira com zimbro-Blog.JPG

Ingredientes

2 limões cortados em quartos

250 g de aguardente

200 g de água

100 g de açúcar, mais q.b. para o rebordo do copo

1 rodela de limão

cubos de gelo q.b. p/ servir

bagas de zimbro q.b.

 

Preparação

No copo da Bimby, coloque os limões, a aguardente, a água e o açúcar, programe turbo/ 1 seg/ 1-2 vezes.

Coloque o cesto e coe a poncha para um jarro.

Num prato, coloque um pouco de açúcar, humedeça o rebordo dos copos com a rodela de limão e passe o rebordo pelo açúcar.

Nos copos, coloque o gelo, algumas bagas de zimbro e verta a poncha.

Sirva de imediato.

IMGP6872-Poncha da Madeira com zimbro-Blog.JPG

Seja responsável, beba com moderação.

 

Informação: tempo de preparação- 10 minutos; dificuldade- fácil; dose-4.

Fonte: receita adaptada de Bimby na rota das descobertas; pag. 62.

28
Dez17

Crumble de bacalhau com todos

Margarida

IMGP6859-Crumble de bacalhau com todos-Blog.JPG

Depois do Natal há que fazer o aproveitamento das sobras da consoada, nada se desperdiça.

Partilho convosco um crumble de bacalhau com todos, fazendo o aproveitamento do bacalhau e dos legumes que sobraram da consoada, coberto por um crumble preparado com sobras de broa.

Desejo a todos os leitores, continuação de Boas Festas com receitas saborosas.

IMGP6856-Crumble de bacalhau com todos-Blog.JPG

Ingredientes

2 cebolas

1 dente de alho

½ copo de vinho branco

sobras de batata e cenouras cozidas

sobras de grão cozido

sobras de bacalhau s/ peles e espinhas

sal & pimenta q.b.

azeite q.b.

vinagre balsâmico q.b.

 

p/ crumble

1 broa de milho, partida em pedaços

50 g de azeitonas pretas s/caroço

½ pimento vermelho

azeite q.b.

 

Preparação

Prepare o crumble: triture todos os ingredientes com um fio de azeite, apresentando uma espessura areada. Reserve.

Verta um fio de azeite numa frigideira, deixe aquecer, adicione as cebolas e alho cortados em rodelas. Deixe amolecer, regue com um pouco de vinho branco e deixe evaporar. Reserve.

Na mesma frigideira, verta mais um fio de azeite, deixe aquecer e adicione as batatas e as cenouras cortadas em rodelas e envolva. Acrescente o grão e um pouco de vinagre balsâmico. Deixe saltear alguns minutos. Tempere com sal e pimenta se necessário.

Num tabuleiro de ir ao forno, disponha por camadas: mistura das cebolas, mistura das batatas salteadas e o bacalhau em lascas.

Cubra com o crumble reservado e regue com um fio de azeite.

Leve ao forno, previamente aquecido a 200º, cerca de 20 minutos até dourar.

Sirva de seguida.

IMGP6860-Crumble de bacalhau com todos-Blog.JPG

IMGP6857-Crumble de bacalhau com todos-Blog.JPG

Informação: tempo de preparação- 30 minutos; dificuldade- fácil; doses- 4-6.

21
Dez17

Polvo da consoada

Margarida

IMGP6837-Polvo da consoada-Blog.JPG

Na nossa noite da consoada o polvo também é rei, ficando lado a lado com o bacalhau da consoada, é uma tradição nortenha que tem percorrido gerações e que alguns familiares presentes não dispensam.

Partilho convosco o nosso polvo da consoada preparado à nossa moda, uma receita muito simples, mas bastante agradável.

A todos, boa consoada com receitas felizes.

IMGP6842-Polvo da consoada-Blog.JPG

Ingredientes

1 kg de batatas pequenas

1 polvo médio

1 cebola média

1 couve coração ou couve portuguesa

4 dentes de alho

1 molhinho de coentros

azeite 3 Castelos q.b.

sal e pimenta q.b.

 

Preparação

Num tabuleiro de forno, disponha as batatinhas e leve-as a assar ao forno, previamente aquecido a 200º, cerca de 45 minutos.

Entretanto, coza o polvo na panela de pressão, de acordo com as indicações da panela, com um pouco de água, sal e uma cebola.

Num tacho, coza a couve coração, cortada em tiras, com água e sal, durante 15 minutos. Retire e escorra a água.

De seguida, verta um fio de azeite numa frigideira larga e introduza os alhos e os coentros picados, deixe refogar cerca de 2-3 minutos. Adicione a couve escorrida, tempere com pimenta e salteie durante 6-7 minutos.

Quando as batatinhas estiverem prontas, retire do forno e dê um murro em cada uma. Coloque-as num pirex, tempere com sal, disponha a couve salteada por cima e de seguida o polvo cozido, cortado em troços.

Leve o pirex ao forno, previamente aquecido a 200º, cerca de 20 minutos.

Sirva de imediato com coentros picados.

IMGP6843-Polvo da consoada-Blog.JPG

IMGP6848-Polvo da consoada-Blog.JPG

Informação: tempo de preparação- 1h30; dificuldade- fácil; doses- 6.

 

19
Dez17

Açúcar aromatizado com canela, baunilha & tangerina

Margarida

IMGP6831-Açúcar aromatizado-Blog.JPG

Açúcar aromatizado é sempre uma boa opção para um presente de Natal personalizado, acondicionado em pequenos frascos, devidamente identificados.

Os aromas cítricos e a canela foram a minha opção, são aromas quentes que nos apelam à época natalícia, deliciosos para aromatizarem os nossos bolos e bolachinhas de Natal. No entanto, poderá sempre optar por outros aromas, são exemplos: o chocolate, o café, a laranja ou diferentes especiarias.

Quando utilizado no bordo do copo de um cocktail faz um brilharete

Desejo a todos, Festas Felizes com receitas deliciosamente aromatizadas.

IMGP6828-Açúcar aromatizado-Blog.jpg

Ingredientes

200 g de açúcar

1 colher (sobremesa) de canela

1 colher (sobremesa) de açúcar baunilhado

casca de uma tangerina (apenas a parte laranja)

 

Preparação - Bimby

No copo da Bimby, coloque todos os ingredientes e triture 10 seg/ vel 9.

Coloque o açúcar aromatizado num tabuleiro, forrado com papel vegetal. Deixe secar um pouco, mexendo de tempos a tempos. O ideal será secar durante 24 horas, devido à humidade da casca da tangerina.

Guarde o açúcar em frascos herméticos, protegendo-o da humidade.

IMGP6835-Açúcar aromatizado-Blog.JPG

 

Informação: tempo de preparação- 10 minutos; dificuldade- fácil; dose- 1 frasco.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Logotipo

Blogs Portugal

Parceiros

myTaste.pt Todas as receitas estão no Petitchef

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Desafios

World Bread Day

World Bread Day, October 16, 2017

Blogazine

Marca registada

Todos os textos e fotografias são "temperados e cozinhados" por este Blog. Caso pretenda utilizá-los, por favor, faça-lhes as devidas referências de autoria. Obrigada! Logotipo: bekinha.89@40hotmail.com

Translate my Blog