Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sabores da minha cozinha

My kitchen Blog

Sabores da minha cozinha

My kitchen Blog

Entrecosto no forno à portuguesa

IMGP6383-Entrecosto no forno à portuguesa-Blog.JP

Entrecosto assado com sabor à portuguesa…

Para o seu tempero, optei por barrar o entrecosto com massa de Pimenta da Terra, uma iguaria com sabor açoriano que trouxe há pouco tempo da ilha de São de Miguel.

No entanto, pode optar por outro tempero. Com a ajuda de um almofariz faça uma massa de alho, pimentão e um pouco de azeite. Barre o entrecosto com esta massa.

IMGP6385-Entrecosto no forno à portuguesa-Blog.JP

Ingredientes

1,5 kg de entrecosto

sal & pimenta q.b.

3 colheres (sopa) de Pimenta da Terra

2-3 folhas de louro

alecrim q.b.

1 cabeça de alhos

1 chouriço de carne

azeite 3 Castelos q.b.

1 copo de vinho branco

 

Preparação

Num tabuleiro de forno, coloque o entrecosto, tempere-o com um pouco de sal e pimenta de moinho.

Barre o entrecosto com a massa de Pimenta da Terra, esfregue de ambos os lados.

De seguida acrescente o louro e o alecrim. Disponha por cima, a cabeça de alhos cortada ao meio e o chouriço cortado em rodelas grossas.

Regue com um fio de azeite e o vinho branco. Deixe marinar cerca de 2 horas.

Leve ao forno, previamente aquecido a 180º, cerca de 1 hora ou 1h30, regando com o próprio molho sempre que necessário.

Sirva o entrecosto com batatinhas assadas que podem também ser assadas no próprio tabuleiro do entrecosto.

IMGP6387-Entrecosto no forno à portuguesa-Blog.JP

IMGP6389-Entrecosto no forno à portuguesa-Blog.JP

Em dia de Santo António,

          Cantam os populares,

          Receitas portuguesas

          São os melhores manjares.

IMGP6389-Entrecosto no forno à portuguesa-Blog.JP

 

Informação: tempo de preparação- 1h30; dificuldade- fácil; doses- 4.

Fonte: receita adaptada de Continente Magazine; junho 2017.

São Miguel, uma ilha a visitar!

IMGP3091-Blog.JPG

Quem passa pela ilha de São Miguel não consegue ficar indiferente à sua beleza natural, às suas gentes

IMGP3236-Blog.JPG

  e à sua gastronomia.

IMGP3167-Blog.JPG

 "Lagoa das sete cidades"  uma cratera de um vulcão extinto com doze km de perímetro onde se encontram duas lagoas geminadas. A Lagoa Azul e a Lagoa Verde.

IMGP3188-Blog.JPG

Passando pelas Furnas, é obrigatório visitar a “Zona das Caldeiras” onde nos apercebemos da existência de uma autêntica "cozinha natural" ao permitir que, enterrando no solo panelas com os necessários condimentos devidamente vedadas e protegidas por sacas, se obtenham saborosos cozidos de carne ou de bacalhau e mesmo apetitosas caldeiradas de peixe.

 

IMGP3040.JPG 

IMGP3049-Furnas-Blog.JPG

 

Não podíamos deixar de saborear o então famoso "cozido das Furnas", o seu sabor é diferente, intenso, mas a carne é bastante suculenta, quase se desfaz na boca...

IMGP3097-Furnas - Blog.JPG

 

Visitando ainda o célebre "Parque Terra Nostra" um magnífico jardim botânico fundado em 1780.

IMGP3125-Parque Terra Nostra-Blog.JPG 

Com um tanque termal, onde é possível tirar partido da água que vem do interior da terra, carregada de minerais.

IMGP3126-Blog.JPG

 

Uma serenidade e uma beleza natural magnífica...

IMGP3194-Blog.JPG

IMGP3221-Blog.JPG

 

Muito ficará ainda por visitar neste paraíso no meio do Atlântico...