Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sabores da minha cozinha

My kitchen Blog

Sabores da minha cozinha

My kitchen Blog

28
Out14

Fusilli com molho de queijo e bacon

Margarida

Uma sugestão de Lorraine Pascal, a nossa convidada deste Quinze dias com…, para uma refeição simples, prática e bastante saborosa.

Lorraine Pascale.jpg 

Ideal para aqueles dias da semana em que as ideias, para um repasto, teimam em não surgir…

Buon appetito

IMGP2356-Lorraine Pascal-Massa-Blog.jpg

Ingredientes (p/ 3 pessoas)

250g de fusilli

1 embalagem de tiras de bacon fumado

2 talos de cebolinha cortados às rodelas

azeite q.b.

queijo azul q.b.

pão ralado q.b.

 

p/ molho de queijo

1 colher (sopa) de manteiga

1 colher (sopa) de farinha

150 ml de leite (usei magro)

170 ml de natas (usei de soja)

1 colher (chá) de mostarda

1 chávena almoçadeira de queijo parmesão ralado

noz-moscada q.b.

 

Preparação

Num tacho, coza a massa fusilli de acordo com as instruções da embalagem. Depois de cozida, escorra-a e reserve. Entretanto, numa frigideira antiaderente, verta um fio de azeite e frite as tiras de bacon. Quando começar a alourar, acrescente os talos da cebolinha, deixe amolecer uns minutos e reserve.

De seguida, prepare o molho de queijo: num tacho, aqueça a manteiga, adicione a farinha e mexa até ficar uma massa homogénea, acrescente o leite, pouco a pouco, e continue a mexer. Depois adicione as natas, até ficar um creme aveludado e grosso. Acrescente uma pitada de noz-moscada, a mostarda e envolva.

Retire o tacho do lume, adicione o queijo parmesão e misture bem.

Num tabuleiro de ir ao forno, espalhe a massa fusilli, por cima o preparado do bacon e depois o molho de queijo. Acrescente por cima um pouco de pão ralado e introduza pequenos pedaços de queijo azul.

Leve o tabuleiro ao forno, previamente aquecido a 200º, cerca de 20 minutos.

IMGP2360-Lorraine Pascal-Massas-Blog.jpg

Informação: tempo de preparação- 45 minutos; dificuldade- fácil; vegetariano- não.

 FonteLorraine Pascale

25
Out14

Bolo de abóbora e amêndoa

Margarida

Um bolo delicioso para um final de tarde entre amigos... 

Amigo

Amigo – faz com que na tarde se desvaneça

este inútil e velho desejo de vencer.

 

Bebe do meu cântaro se tens sede.

 

Amigo – faz com que na tarde se desvaneça

este desejo de que todas as roseiras

me pertençam.

 

Amigo, se tens fome come do meu pão.

 

                                                       Pablo Neruda in “Crepúsculo”

 

IMGP2334-Bolo de abóbora e amêndoa-Blog.jpg 

Ingredientes

500g de abóbora

250g de açúcar amarelo

1 laranja

1 pau de canela

50g de manteiga

150g de amêndoa granulada

4 ovos

100g de farinha

1 colher (chá) de fermento

amêndoas laminadas q.b.

1 colher (sopa) açúcar amarelo

 

Preparação

Descasque e tire as pevides à abóbora. Corte-a aos pedaços e deite num tacho, adicione o açúcar amarelo, raspa e sumo da laranja e o pau de canela. Deixe a abóbora cozer, cerca de 20 minutos, lume médio e com o tacho destapado.

Depois da abóbora cozida, reduza-a a puré, com a ajuda da varinha mágica, e acrescente a manteiga, a amêndoa granulada e os ovos, previamente batidos. Com a batedeira misture bem todos os ingredientes. De seguida, acrescente, pouco a pouco, a farinha e o fermento, envolva bem.

Unte com manteiga uma forma redonda (usei uma de mola), polvilhe com um pouco de farinha e adicione o preparado da abóbora.

Leve o bolo ao forno, previamente aquecido a 180º, durante 50 minutos.

Cinco minutos antes de terminar o tempo, polvilhe o bolo com uma colher (sopa) de açúcar amarelo e disponha algumas amêndoas laminadas por cima.

IMGP2335-Bolo de abóbora e amêndoa-Blog.jpg

Informação: tempo- médio; dificuldade- fácil; aconselhável a crianças- sim.

FonteVaqueiro

21
Out14

O tempo é de abóbora...

Margarida

A semana passada, fui presenteada com esta linda abóbora de tamanho gigante. Deu-ma o meu amigo João, da sua horta, em Marinhais, que desde já lhe agradeço por tamanho presente. 

Uma abóbora sem dúvida enorme, com uma cor lindíssima e um sabor riquíssimo. Embora a tenha partilhado com alguns familiares, ainda sobrou uma quantidade significativa que já foi devidamente limpa, separada e embalada, pronta a ser guardada no congelador por algum tempo. 

Pouco a pouco, será testada em algumas receitas que tenho vindo a acrescentar à minha lista de receitas a serem confecionadas. Uma vez que a abóbora é um fruto que se aplica na perfeição a variadíssimas receitas culinárias, desde purés, sopas e até pastelaria, não podendo faltar os deliciosos doces e compotas que se podem confecionar com abóbora. 

Fica prometido, se as receitas resultarem bem e ficarem saborosas não me esquecerei de aqui as partilhar convosco. 

IMGP0748-Abóbora de Marinhais-Blog.JPG

 

 

16
Out14

Pão de cerveja preta com patê de salmão fumado

Margarida

Hoje é dia de fazer pão, é Dia Mundial do Pão! 

O pão é um alimento elaborado por farinha, geralmente de trigo ou um outro cereal, água e sal, formando uma massa que deve ter uma consistência elástica que lhe permita dar várias formas.

O desafio do World Bread Day convida todos os blogs do mundo a confecionarem o seu próprio pão e a publicarem neste dia a sua experiência, demonstrando assim que a confeção de pão não é assim tão difícil, acabando até por se tornar numa verdadeira diversão familiar. 

Assim, respondendo a este desafio, resolvi confecionar esta receita de pão de cerveja preta acompanhado de um patê de salmão fumado.

Fácil, caseiro e delicioso!!!

IMGP2311-Pão de cerveja preta-Blog.jpg

Ingredientes p/ o pão

150g de farinha

500g de farinha integral

2 colheres (chá) de bicarbonato de sódio

200 ml de leite

1 cerveja preta

2 colheres (chá) de açúcar mascavado

sal q.b.

azeite para untar a forma.

 

Preparação

Numa tigela, adicione o conjunto das farinhas, o bicarbonato de sódio, o açúcar mascavado e uma pitada de sal. Misture tudo muito bem. De seguida, acrescente o leite e a cerveja preta, envolva bem até obter uma massa homogénea e macia. Numa bancada de serviço, polvilhe com farinha integral, amasse bem a massa, mas com suavidade, sempre de fora para dentro.

Unte uma forma (tipo bolo inglês), com azeite, molde a massa, dobre as pontas para dentro, introduza na forma, com a mão achate um pouco a massa no topo e deixe descansar cerca de 10 minutos.

Entretanto, ligue o forno a 230º e quando estiver bem quente, reduza a temperatura para 180º.

Leve o pão ao forno cerca de 25 minutos.

IMGP2315-Pão de cerveja preta-Patê-Blog.jpg

Ingredientes p/ patê de salmão fumado

1 embalagem pequena de salmão fumado

2 colheres (sopa) de queijo creme

2 colheres (sopa) de crème fraîche (usei Président)

raspa de 1 limão

sumo de ½ limão

2 ramos de salsa

 

Preparação

Coloque todos os ingredientes no liquidificador, triture-os até atingirem uma consistência de patê, mas não muito triturados. Se necessário adicione mais um pouco de sumo de limão.

Sirva o pão de cerveja acompanhado do patê.

IMGP2309-Pão de cerveja preta-Blog.jpg

Post destacado pelo Blogs do Sapo. 

Obrigada Sapo!

Informação: tempo de preparação- médio; dificuldade- fácil.

Fonte: GNT-Receitas

14
Out14

Biscoitos de gengibre

Margarida

Uma receita de biscoitos muito saborosos e simples de confecionar de Paul Hollywood, o convidado desta quinzena do desafio Quinze dias com…

Um mestre na arte de cozinhar no forno, utilizando métodos de fabrico artesanal

Paul Hollywood.jpg

Embora eu tenha feito alguns ajustes nos ingredientes, esta receita, diz-nos Paul, foi-lhe passada pela sua mãe, lembrando-lhe os seus tempos de meninice em que lhe era impossível comer apenas um biscoito…

Deliciosas iguarias doces!!

IMGP2320-Biscoitos de gengibre-Blog.jpg

Ingredientes

110g de margarina

110g de açúcar

1 cálice de vinho do Porto

225g de farinha com fermento

2 colheres (chá) de gengibre em pó

 

Preparação

Numa tigela, introduza a margarina, o açúcar e o vinho Porto. Aqueça no microondas até a margarina derreter, cerca de 60 segundos. Misture bem todos os ingredientes e deixe arrefecer. Numa outra tigela, coloque todos os outros ingredientes secos. Abra uma cavidade e adicione o preparado do açúcar. Envolva e amasse com as mãos, formando uma bola de massa. Faça pequenas bolinhas e coloque-as separadas no tabuleiro do forno, forrado com papel vegetal. Com a ajuda de um garfo, achate-as marcando-as no topo.

Leve ao forno, previamente aquecido a 180º, cerca de 12 minutos até ficarem douradinhos.

Transfira os biscoitos para uma grade e deixe arrefecer. 

IMGP2325-Biscoitos de gengibre-Blog.jpg

Informação: tempo de preparação- 40 minutos; dificuldade- fácil; aconselhável a crianças- sim.

Fonte: Paul Hollywood.

06
Out14

Popias de erva-doce e canela

Margarida

Este sábado, participei num workshop sobre "Cozinha alentejana" promovido pela Lúcia Fernandes autora do Blog "O Barriguinhas" e pela Dulce Caldeira autora do Blog "Cozinha da Duxa"

Para além do seu ambiente divertido e acolhedor tivemos a oportunidade de aprender e confecionar algumas iguarias alentejanas. Entre as quais, estas popias que hoje partilho convosco e que desconhecia por completo. Tanto o seu sabor, que é muito característico do nosso Alentejo, como a sua preparação que é bastante simples. 

 

 

As popias são uma espécie de bolinhos não muito doces, mas deliciosos e casam muito bem com um café ou um chá. 

Ingredientes

500g de farinha

150g de açúcar

65g de banha

1dl de azeite

65g de margarina

1 colher (sopa) de canela

1 colher (sopa) de erva doce

vinho branco q.b. (cerca de 200 ml)

 

Preparação

Numa tigela, junte todos os ingredientes com o vinho branco morno, previamente aquecido no microondas.

Misture e amasse muito bem todos os ingredientes, até obter uma massa macia. Esta não deve ficar nem muito mole, nem muito dura. Após ter amassado bem a massa, com as mãos, faça rolinhos finos e una as pontas de forma a ficarem pequenos círculos. Coloque-os no tabuleiro do forno, previamente untado com margarina.

Leve ao forno, previamente aquecido a 180º, até as popias cozerem e ficarem um pouco tostadas, cerca de 15 minutos. 

Informação: tempo de preparação- 40 minutos; dificuldade- fácil; aconselhável a crianças- sim.

01
Out14

Ops! Uma grande mudança…

Margarida

Mas que linda surpresa, o Sapo mudou e o Blogs do Sapo também tem uma nova cara, com um novo design, mais bonito. Estou a gostar… 

Mas ainda a descobrir cada novidade, pareço um sapinho a saltar de botão em botão. 

Com o tempo, tudo voltará ao normal. 

Parabéns, SAPO! 

 

01
Out14

Bacalhau à Narcisa

Margarida

O bacalhau foi o ingrediente eleito deste mês para o desafio Dia Um… Na cozinha. Um ingrediente bastante presente e apreciado na nossa gastronomia. 

Existem inúmeras formas de se confecionar pratos de bacalhau, umas simples, outras mais complexas, mas todas elas se traduzem em receitas verdadeiramente deliciosas. 

O bacalhau à Narcisa foi a receita que elegi confecionar para este desafio, uma vez que é muito apreciado entre nós. Sempre que viajamos até ao Minho não podemos regressar sem primeiro nos regalarmos com um delicioso bacalhau à Narcisa ou bacalhau à moda de Braga

Um prato de referência na gastronomia minhota. Surgiu em Braga e era servido num restaurante com o nome de Narcisa. Ganhou muita fama e com o passar do tempo foram muitos os restaurantes que o adotaram. A "minha cozinha" também o "adotou" e chamamos-lhe bacalhau à minhota.

Sem dúvida, uma riqueza gastronómica! 

 

 

Ingredientes (p/ 4 pessoas)

4 postas de bacalhau alto

2,5 dl de azeite

2 cebolas médias

6 batatas grandes

2 folhas de louro

1 colher (sobremesa) de colorau

2 cravinhos

sal q.b.

 

Preparação

Num tacho, escalde o bacalhau, previamente demolhado, com água a ferver, cerca de 5 minutos, escorra-o e reserve. Entretanto, descasque e corte às rodelas as cebolas e as batatas, reserve.

Numa frigideira, verta o azeite, aqueça-o e frite as postas de bacalhau, previamente secas com um pano. As postas de bacalhau devem ficar douradas de ambos os lados, mas não frite durante muito tempo, para que estas não fiquem secas.

Depois de fritas, retire-as para uma travessa de servir.

De seguida, na mesma frigideira e com o mesmo azeite, frite as batatas, temperadas com um pouco de sal, até ficarem douradinhas. Disponha-as à volta das postas de bacalhau. Depois frite as rodelas das cebolas, ligeiramente, até amolecerem e ganharem cor e disponha-as por cima do bacalhau.

Baixe o lume da frigideira e adicione o colorau, as folhas de louro cortadas aos pedaços e os cravinhos, deixe ferver cerca de 5 minutos.

Regue com o molho, enfeite com azeitonas e sirva de imediato. {#emotions_dlg.beja}

 

Informação: tempo de preparação- 50 minutos; dificuldade- fácil; vegetariano- não.

Fonte: Receitas típicas de bacalhau, pag. 18, abril-2004.

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Logotipo

Visitas

Blogs Portugal

Parceiros

myTaste.pt Todas as receitas estão no Petitchef

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

Desafios

World Bread Day

World Bread Day, October 16, 2017

Blogazine

Marca registada

Todos os textos e fotografias são "temperados e cozinhados" por este Blog. Caso pretenda utilizá-los, por favor, faça-lhes as devidas referências de autoria. Obrigada! Logotipo: bekinha.89@40hotmail.com

Translate my Blog